blogdobracin

Agora um vídeo decente do rap do Chico pro Criolo. Esquisito, né? 

E meu textinho sobre essa aprovação do Chico rendeu. Até o Ganjaman retwittou. Já leu? Comenta lá.

Ganhar um sim do Chico é mérito ou não?

Dono de uns dos melhores memes do ano, Chico Buarque pode superar ele mesmo se alguém for rápido o bastante para pegar a foto dele com o Criolo e mandar uma legenda com o título deste post. Quem se habilita? 

Brincadeira à parte, depois da citação ao rapper em seu show, esta foto postada no Facebook do Criolo marca de vez a “aprovação” do Chico ao rapper.

Haters gonna hate, mas ganhar um sim do Chico é importante, queira ou não queira. Abraçar o cara e agradecer ou repudiar e desdenhar são dois tipos de postura que entenderia de qualquer um nessa situação. Seriam coisas equivalentes.

Fato é que ambos estariam circulando pelo mesmo radar. Um radar mais amplo. Essa é a conquista. Artistas bons precisam ficar populares e o Criolo ainda não chegou lá. Para isso, fazer bons amigos é um ótimo passo. E isso é bem diferente de puxação de saco e lambeção, coisas que com certeza os críticos vão apontar ao ver a foto. 

No seu “rap” o próprio Chico tratou disso e até inverteu a situação. Foi o Criolo que aceitou ele. 

—————-

E a acendente do rapper não para. Só hoje, além da fotinho, Criolo compartilhou no Face a conquista de 500 mil views do primeiro vídeo de "Não Existe Amor em SP" e o início da pré-venda de um show no Cine Joia em dezembro, que servirá de lançamento para o clipe de “Freguês da Meia-Noite. Por enquanto, é o último show dele em 2011. Tô meio querendo ir. Será foda.

Que 2011 o cara fez.

Agora vou seguir uma dica do Tom Zé numa Rolling Stone antiga que eu tava lendo ontem. 

A legenda em francês é para dar um charme.